terça-feira, março 27, 2012

sábado, março 24, 2012

sexta-feira, março 23, 2012

COMUNICADO IMPORTANTE!



ATENÇÃO PARA O COMUNICADO 003/2012 DA FEDERAÇÃO DE XADREZ DO PARANÁ RELACIONADO AO FESTIVAL PARANAENSE DE MENORES 2012 QUE ACONTECERÁ EM MARINGÁ DE 30/03 À 01/04.

terça-feira, março 20, 2012

XII MEMORIAL PROF. HÉLIO SALDANHA

Será um grande evento que promete contar com a participação de grandes nomes do xadrez paranaense. 

Dia 21 de abril será uma marco histórico para Piraí do Sul. O Clube Municipal de Xadrez Prof. Hélio Saldanha irá comemorar 15 anos de fundação e em comemoração irá realizar o XII Memorial Prof. Hélio Saldanha, valendo para cálculo de rating FIDE, CBX e FEXPAR. 
Piraí do Sul estará de portas abertas para receber os visitantes que irão prestigiar a competição. 
A Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Esportes e Lazer dará todo o apoio para que o evento seja um sucesso.
GM Jaime Sunye na simultânea de fundação do Clube de Xadrez

Conheça um pouca da história do Professor Hélio Saldanha, pioneiro do Xadrez Piraiense.

As inscrições já estão abertas e são feitas via e-mail (unesxpi@uol.com.br), confira também o regulamento do XII Memorial Prof. Hélio Saldanha. 

A organização ficará a cargo da União Esportiva Xadrez Piraí e Clube Municipal de Xadrez Prof. Hélio Saldanha com promoção e realização da Prefeitura Municipal de Piraí do Sul.

Participe! As inscrições podem ser feitas até dia 19 de abril.  

segunda-feira, março 19, 2012

TORNEIO EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Enxadrístas piraienses estiveram presentes na competição.

Com promoção da Fexpar e organização do Clube de Xadrez de São José dos Pinhais com apoio da Prefeitura e Secretaria de Esportes aconteceu neste domingo (p.p.) 18/03 a 1.ª etapa do Circuito Metropolitano de Xadrez. O evento contou com a participação de 80 enxadrístas de várias regiões. Importante destacar as participações dos mestres Bolívar Gonzalez e do argentino Sandro Mareco. 
Maurides Júnior, que coordena as atividades em Piraí do Sul ressaltou a importância de participação neste evento, "valeu muito a pena ter participado, valeu pela experiência, pelo congraçamento e principalmente por ver que os circuitos regionais estão tomando força e se tornando acessível a todos os praticantes. Além disso, a competição valeu rating fide, ótima oportunidade para movimentar/obter rating internacional, São José dos Pinhais organizou um grande evento que agradou a todos, estão de parabéns". 
Destaque para os enxadrístas piraienses Douglas Rentz Staron e Luiz Fernando Lemes Ferreira (campeão e terceiro lugar respectivamente na categoria sub 14, detalhe, ambos são da categoria sub 12), Mariana Mazepa que conquistou o 2.º lugar na categoria sub 14 feminino e Guilherme Bartmeyer que obteve o 3.º lugar no sub 18. 
Fica aqui o nosso agradecimento à Prefeitura Municipal de Piraí do Sul que não mede esforços para que nossos jogadores possam participar das várias competições ao longo do ano e à Cooperativa Castrolanda, grande parceira do xadrez piraiense. 

sexta-feira, março 16, 2012

MEMORIAL PROFESSOR HÉLIO SALDANHA VALERÁ RATING FIDE!

Confirmado! O XII Memorial Professor Hélio Saldanha que será realizado em Piraí do Sul no dia 21 de abril valerá rating da Federação Internacional de Xadrez (Fide) e Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) de xadrez rápido. 
Programem-se para este evento!


Em breve mais detalhes!

segunda-feira, março 12, 2012

CIRCUITO DE XADREZ RÁPIDO DOS CAMPOS GERAIS DEFINE REGULAMENTO PARA 2012

Confiram na página da Fexpar sobre a reunião que definiu o regulamento para a disputa do CIRCUITO DE XADREZ RÁPIDO DOS CAMPOS GERAIS em 2012.


A grande novidade é que a partir de agora todas as etapas irão valer rating Fide.


A primeira etapa está marcada para o dia 06 de maio, em Ponta Grossa, na sede campestre do Clube Ponta Lagoa.

sábado, março 10, 2012

XI COPA MEQUINHO - RESULTADOS

Maurides Júnior vence o torneio com 7.0/8.0 e larga na frente do Circuito Piraiense 2012. Destaque para Renato de Oliveira Barreto que obteve um honroso 2.º lugar.

E começou a festa! Na tarde deste sábado (10/03 p.p.) a 16.ª edição do Circuito Piraiense de Xadrez teve inicio com a disputa da XI Copa Mequinho.
O sistema de competição foi o suíço em oito rodadas com tempo de reflexão de 5 min. k.o. 
Maurides Júnior sofreu apenas uma derrota frente a Guilherme Bartmeyer em jogo válido pela segunda rodada, teve portanto, que fazer um torneio de recuperação. Na última rodada Maurides enfrentou Felipe Truppel e acabou obtendo êxito nos segundos finais com a queda da seta do adversário em uma bonita "Defesa Francesa" (Brancas com duas torres, bispo e cavalo e pretas com dama, cavalo e bispo).
Renato de Oliveira Barreto fez um ótimo torneio, aliás, o xadrez relâmpago parece ser sua praia (deve ser herdeiro do "enrolation system"). Ficou em segundo lugar geral e em primeiro na categoria juvenil (Sub 14 a Sub 18). 
A categoria infantil (Sub 08 a Sub 12) foi vencida pelo atual campeão paranaense de xadrez rápido até 12 anos Luiz Fernando Lemes Ferreira.

Confira a classificação final desta etapa.

A próxima etapa do Circuito será o XII Memorial Prof. Hélio Saldanha no dia 22 de abril, competição aberta e com possibilidade de valer rating Fide de xadrez rápido. 

O Circuito Piraiense de Xadrez é uma promoção da Prefeitura Municipal de Piraí do Sul.





quarta-feira, março 07, 2012

COPA MEQUINHO - POUCAS VAGAS

Faça já sua inscrição na XI Copa Mequinho de Xadrez, faltam apenas 10 vagas. 
A competição, válida pela primeira etapa do Circuito Piraiense, acontecerá neste sábado, 10 de março às 14h. 




Confira a lista de pré inscritos na competição
Veja aqui o cronograma e regulamento. 


Ainda no dia 10 de março, às 13h haverá reunião para discutir o regulamento do VI Circuito de Xadrez Rápido dos Campos Gerais.
Veja o comunicado na página da Federação de Xadrez do Paraná. 

terça-feira, março 06, 2012

HENRIQUE NEMETH JR DERROTA JUDIT POLGAR!


Momento histórico para o jovem paranaense Henrique Nemeth Júnior.

Nemeth começou a participar de torneios aos sete anos, mas seu primeiro contato com o jogo foi aos 4, quando viu sua tia jogando no computador, a partir de então o jovem foi colecionando conquistas: Por duas vezes foi campeão paranaense de menores, vários títulos estaduais de xadrez rápido e relâmpago, além de ter sido vice-campeão brasileiro em 2006 (Matinhos - Pr). Nemeth ainda teve participação em importantes torneios: duas participações em sul-americanos (Argentina e Equador), três participações em pan-americanos (Brasil, Argentina e Equador) e em 2011 jogou o mundial em Caldas Novas - GO. 
O jovem possui mais de 150 medalhas e mais de 30 troféus conquistados, fruto de muito estudo e muitas vezes tendo que bancar as despesas dos eventos, que não são baratas,  com recursos próprios. 

Recentemente Judit Polgar, a maior enxadrísta de todos os tempos, esteve visitando o Brasil. Participou como a atração principal de um dos mais tradicionais torneios realizados em terras tupiniquins, em Caxias, Rio Grande do Sul. O torneio faz parte das comemorações da Festa da Uva. 
Polgar participou e foi a campeã de um torneio fechado contra os brasileiros Gilberto Milos, Mequinho e o uruguaio Andrés Rodriguez, além de participar do torneio aberto, onde obteve a segunda colocação, atrás do brasileiro Gilberto Milos.
Antes disso, no dia 02 de março, as 19h, Polgar jogou uma simultânea contra 40 pessoas, de várias idades e nível, entre eles estava um dos maiores talentos do xadrez paranaense, o jovem Henrique Nemeth Júnior.
O interessante é que o avô de Nemeth era húngaro e isso foi compartilhado com Judit Polgar em uma conversa após a simultânea. 
A "prova" autografada! Nota: Puro talento brasileiro não é mera coincidência!

Segundo Nemeth ele ficou um pouco nervoso antes da partida, pois a simultânea começaria às 19h e ele chegou às 18h50 no Shopping Iguatemi, local da apresentação. Nemeth conta que Polgar sempre esteve séria, compenetrada em suas partidas, tanto nas que ela estava completamente ganha quanto naquelas em que ela parecia inferior. 
"Em nenhum momento eu achei que estava ganho, mas quando ela abandonou foi uma alegria indescritível, na hora, até demorou um pouco para cair a ficha", conta o jovem campeão. 

Confira a partida:

POLGAR,Judit x NEMETH JR,Henrique – Defesa Grünfeld [D78]
02.03.2012 – Simultânea (Festa da Uva) – Caxias RS

1.Cf3 d5 2.g3 g6 3.Bg2 Bg7 4.0–0 Cf6 5.d4 0–0 6.c4 c6 7.Cc3 dxc4 8.e4 Cbd7 9.De2 Cb6 10.a4 a5 11.Td1 Bg4 12.h3 Bxf3 13.Bxf3 Cfd7 14.Be3 Dc7 15.Bg4 e6 16.e5 Cd5 17.Dxc4 Cxe3 18.fxe3 Cb6 19.Db3 Cd5 20.Ce4 De7 21.Tf1 h5 22.Bf3 f5 23.exf6 Bxf6 24.Dd3 Rg7 25.Tae1 Cb4 26.De2 e5 27.Bxh5 gxh5 28.Dxh5 De8 29.De2 Dg6 30.Dg2 Cd5 31.Cc5 Bg5 32.Txf8 Txf8 33.h4 Bxe3+ 34.Rh1 Bxd4 35.Cd7 Tf2 36.Dh3 Df5 0–1

Para saber mais sobre o evento acesse: chessbase.com

O Blog Xadrez Piraí agradece ao enxadrísta Henrique Nemeth Júnior pelo bate papo, que rendeu está matéria. 

segunda-feira, março 05, 2012

JUDIT POLGAR NO BRASIL

Recentemente a maior enxadrísta de todos os tempos esteve participando de um evento em Caxias, Rio Grande do Sul.
Sua participação no evento teve grande repercussão nas mídias sociais.

Acesse o site da Chessbase e veja a cobertura completa. A reportagem e as fotos são de Albert Silver.

Judit Polgar cumprimenta seu pequeno desafiante na simultânea.

quinta-feira, março 01, 2012

10 PERGUNTAS PARA PAULO RIOS RODRIGUEZ

Reeleito por unanimidade para mais dois anos de gestão a frente da Federação de Xadrez do Paraná, Paulo Rios concedeu esta entrevista onde explana alguns aspectos de sua gestão e quais os seu planos futuros.
Os desafios são muitos, mas Paulo promete enfrentá-los com a participação da comunidade enxadrística do Paraná.



1. Como foi a decisão de assumir a Fexpar?
Paulo: Desafiadora e inaceitável no primeiro momento.
Durante um dos grandiosos eventos da FEXPAR, à noite, após um dia intenso na busca de superar a qualidade de nossos eventos e após uma reunião exaustiva de arbitragem, quando conversávamos sobre os possíveis eventos do ano seguinte o ilustre Prof. Cláudio Tonegutti me fez o convite para ser o candidato a sua sucessão já que havia assumido outros compromissos para o ano de 2010.
Recusei por julgar que tinha pouco tempo para me dedicar a entidade máxima do xadrez paranaense. Celepariano e analista de comércio exterior na Galbrax com uma intensa vida familiar e social, fazia o possível para executar as atribuições do Vice-Presidente Administrativo da FEXPAR.
Entretanto, após comentar com alguns amigos, igualmente promotores do nobre esporte-arte-ciência, o convite feito pelo nobre Presidente, fui encorajado a lutar pelas necessidades que tivemos como jogadores, professores, técnicos, árbitros, organizadores e promotores da modalidade. Formamos uma grande equipe de trabalho que se dedica a melhorar as condições para a comunidade enxadrística Parananese.
Entre alegrias e tristezas erramos e acertamos muito. Mas sempre convictos de que buscávamos o melhor para o Xadrez. Dos meus 28 anos de vida tenho pelo menos 23 de xadrez.

2. Qual você considera o seu ponto forte na sua gestão?
Paulo: Díficil elencar algo que se destaque, uma vez que temos abrangido todas as variações do desenvolvimento da modalidade.
Comunicação, calendário, apoio aos melhores atletas, clubes, fornecimento de conteúdo para professores, técnicos e árbitros.
Certamente a comunidade enxadrística pode responder melhor. Professores, técnicos, atletas, dirigentes de clube, etc. Ressalto que a gestão ocorreu por conta de termos uma equipe comprometida com o desenvolvimento do xadrez.

3. E o ponto fraco? Algo que tenha a melhorar.
Paulo: Algo que vejo necessário melhorar sempre é a comunicação. Se conseguirmos nos comunicar melhor, entenderemos melhor uns aos outros, enxergaremos as dificuldades e necessidades, teremos informações melhores e mais precisas, as quais, serão subsidio para tomada de decisões mais corretas e focadas no desenvolvimento da modalidade.

4. Qual o seu plano para a próxima gestão?
Paulo: O plano será definido pelos dirigentes de clubes, professores, enxadristas, técnicos e árbitros. Enfim a comunidade enxadrística em geral, que apontará suas necessidades para tratarmos de buscar atende-las. Serão criadas comissões para propor soluções para cada grupo de necessidades da FEXPAR. Projetos, comunicação e marketing, regulamento, arbitragem, de xadrez escolar, etc.
3 frentes de atuação da FEXPAR serão: Apoio aos melhores atletas, treinamentos e realização de eventos nacionais e internacionais.
  
5. Qual a importância dos clubes se filiarem à Fexpar?
Paulo: O apoio institucional é o principal benefício aos clubes filiados. No âmbito da FEXPAR fortalecemos uns aos outros para ganhar mais espaço perante as secretarias de esporte, educação e cultura.
Além disso, os clubes possuem desconto no pagamento de taxas, desconto em inscrições, prioridade na escalação de organizadores/árbitros, acesso ao site da FEXPAR para divulgação fácil, ágil e direta, entre outros.

6. O que você achou da criação da categoria Sub 26? A Fexpar pretende realizar competições voltadas para esta faixa?
Paulo: Coerente, uma vez que o ministério do esporte oferece bolsa para essa faixa. E não vejo melhor critério que uma competição. Da mesma forma é conveniente que valorizemos os melhores paranaenses nesta categoria.
  
7. Qual sua opinião sobre o registro do CREF para professores de xadrez já que a
modalidade é reconhecida como um esporte?
Paulo: Entendo que cada profissional deve se credenciar de acordo com sua formação. Cada um respondendo ao seu conselho. Os Professores de Educação Física devem atender os direitos e obrigações do CREF e o mesmo deve acontecer com pedagogos, físicos, contadores, etc.
O xadrez é uma disciplina multidisciplinar e pode estar presente e representada em muitas áreas.
  
8. Recentemente a Fide criou o rating internacional de xadrez rápido. A Fexpar tem a intenção de realizar eventos nesta modalidade? O paranaense de rápido valer fide a exemplo do que acontece com o paranaense de pensado, por exemplo?
Paulo: A FIDE retornou a contabilizar os rating de rápido e relâmpago, algo que acontecia no passado, e por algum motivo foi eliminado.
A FEXPAR zelando pela comunidade enxadrística não eliminou os seus cálculos de rating rápido e relâmpago, embora tenha sido pressionada diversas vezes.

9. Como surgiu a ideia do Prêmio "Orgulho do Xadrez Paranaense" e como será a escolha dos vencedores em 2012?
Paulo: Há muito tempo que temos o interesse de realizar o Oscar do Xadrez. Entretanto, com a grande quantidade de eventos que já ocorrem anualmente incrementar mais um não é tarefa fácil. Ainda mais um prêmio que envolve o brio do enxadrista.
O prêmio deve seguir uma hierarquia: os clubes indicam os atletas em cada categoria e posteriormente uma comissão com critérios pré definidos seleciona os vencedores.
Estamos formando uma comissão para elaborar as propostas e critérios para a realização do prêmio de 2012.

10. Quais são as condições para que um enxadrísta passe a receber o bolsa atleta estadual (que é mantido pela Copel e Sanepar)? É a Fexpar que faz a indicação?
Paulo: O bolsa atleta estadual é focado para as modalidades olímpicas que estarão na olimpíadas de 2016, o que exclui o xadrez.
O xadrez tem um grande apoio da Secretaria de Estado do Esporte e mesmo com a ausência do reconhecimento do COI, o COB tem xadrez nas olimpíadas escolares e universitárias.
Em conversa com o Secretario Evandro Roman, informou da possibilidade de inclusão do xadrez no programa Esporte Formador onde estamos trabalhando para ter sucesso.

O Blog Xadrez Piraí agradece ao Presidente da Fexpar pela entrevista.